VÍDEO: Língua e canto no resgate do Talian

Pesquisadora italiana prospecta sul do Brasil

29 Agosto 2019 | Quinta-feira 11h08

Há mais de um mês nos estados do sul do Brasil, a pesquisadora e professora italiana, Giorgia Miazzo, aprofunda seu projeto de resgate cultural prospectando o canto folclórico.
 
"Cantando em Talian - Aprendendo o Talian com a música" realiza um mergulho no mundo que cerca a assim denominada língua ítalo-vêneta brasileira, ainda tão presente na região.
 
Docente nas universidades de Veneza e Padova, ela já viveu no Brasil e se dedica há vários anos à língua transposta por imigrantes vênetos (nordeste da Itália) para a América no final do século 19.
 
Cantos, músicas e jogos como a bocha e a mora vieram com o Talian e todas as suas variações, lembra Giorgia. "Na Itália, gravei a palavra 'amarelo' em 15 maneiras diferentes. Todas estão corretas e todas fizeram a viagem de navio para cá."
 
É nesse emaranhado linguístico que o canto folclórico se torna indispensável. "Lidar com as línguas orais não é fácil, mas o canto ajuda porque ele vai além das diferenças. As pessoas cantam, se entendem e assim valorizam um patrimônio não só cultural, mas de léxico, de morfologia, de vocabulário e de fonologia. O canto é poderoso na aprendizagem de uma língua estrangeira."
 
Confira a entrevista realizada no campus da Unibave, em Orleans. (Agradecimentos do blog à reitoria)
 

 
CONTATO BLOG
neimanique1956@gmail.com