Feriadões animam setor turístico em 2020

Ano pra reverter alta do dólar e desastre no Nordeste

01 Novembro 2019 | Sexta-feira 15h25

Se você mora ou trabalha em Criciúma, faça sua escolha e programe-se. O próximo ano acumulará quatro feriados nas segundas-feiras e quatro nas sextas, totalizando - pasme - oito feriadões. Ou seis se a projeção for no âmbito nacional.
 
Um tira-gosto tipicamente local - e mais criciumense impossível - abre 2020 com o Seis de Janeiro numa segunda. Isso logo depois da esbórnia em dose combo das "Festas de fim de ano" cravadas no meio das semanas.

 
Sete de setembro, 12 de outubro e Finados complementam a quadra das segundas-feiras. A tradicional Sexta-Feira Santa (10 de abril) terá a companhia do Primeiro de Maio, de Santa Bárbara (4 de dezembro, mais um deleite paroquial) e do Natal.

 
"Feriadões como estes são ótimos para o nosso segmento", comemora antecipadamente a consultora em turismo Lílian Inocêncio, da agência Brisatur. "Já começamos a receber os pacotes destas datas, o que ajuda o passageiro a se organizar melhor."
 
O otimismo de Lílian para 2020 contrasta com o baixo astral neste ano. O desastre ambiental nos estados do nordeste devido ao óleo nas praias e a alta do dólar desencorajando viagens internacionais pesaram na contabilidade do setor.
 
Já a abertura do consulado estadunidense em Porto Alegre foi um fator de estímulo. "Estamos agendando muitas entrevistas porque a procura para os Estados Unidos aumentou", conta Lílian. "Agora é torcer por mais voos no aeroporto de Jaguaruna para conectar nossa região a vários destinos e facilitar a vinda das pessoas para cá."
 
CONTATO BLOG
neimanique1956@gmail.com